28 de março
a 30 de março 2024

Funchal

Funchal (Meliá Madeira Mare)

Preço 50

16 vagas disponíveis

Três dias de aprendizagem e descanso

As Jornadas da Primavera 2024 rumam à ilha da Madeira para proporcionar três dias intensivos de aprendizagem, conjugados com tempo para descansar e aproveitar várias atividades lúdicas.

Depois do sucesso do ano passado, em que atravessámos pela primeira vez o Oceano Atlântico, em 2024, vamos ao encontro dos colegas que exercem na Região Autónoma da Madeira, proporcionando assim uma oportunidade única de acesso à formação presencial da OMD.

As Jornadas da Primavera têm características únicas, ao promover não só a aprendizagem, mas também o convívio, através de um programa social vocacionado para todos os participantes (médicos dentistas e respetivas famílias, às quais se estende este convite).

Num momento em que a sociedade está cada vez mais consciente dos benefícios de um equilíbrio saudável entre trabalho e lazer, estas jornadas assumem uma importância crescente ao dinamizar as duas componentes num programa multidisciplinar.

Do lado científico, há três conferências a não perder: “A respiração oral e o sono pediátrico”, por Rita Sousa Tavares, “Terapia pulpar vital: a endodontia minimamente invasiva. Protocolo”, por Luís Corte-Real, e “Aprimoramento da interface perio-protética em reabilitações complexas com implantes”, por Hélder Moura.

Para promover a confraternização entre os participantes, conferencistas e famílias, a organização está a preparar um conjunto de iniciativas que vão tornar este evento memorável.

Razões pelas quais, endereçamos este convite. Participe nas Jornadas da Primavera e aproveite o período da Páscoa para proporcionar à sua família umas miniférias na ilha que está entre os destinos mais deslumbrantes de Portugal.

Consulte informação adicional sobre as condições especiais de alojamento do Hotel Meliá Madeira Mare durante as Jornadas da Primavera 2024.


Programa científico

A Respiração Oral e o Sono Pediátrico (Rita Sousa Tavares, 28 março 2024)

A forma como adaptamos a nossa respiração tem repercussões muito além das notadas.

Cada vez mais, como médicos dentistas notamos coincidências nas características dos pacientes que recorrem às nossas consultas.
Em geral, existem desculpas ‘normais’ de antecedentes familiares. Estarão essas características mesmo nos pacientes quando nascem ou serão um conjunto de fatores a que estão expostos e que se perpetuam na mesma família por gerações.

Desde a alimentação, ao sono, a tudo o que consumimos e à forma como os consumimos, hábitos diários e a falta de verdadeiros fios condutores estarão a mudar as nossas crianças, a sua boca, respiração, mastigação e restantes funções do aparelho estomatoglossognático.

É possível recuperar, quando deixamos de ver o dente e a doença e passamos a olhar para a pessoa, qualquer que seja a sua idade e condição, é importante que o profissional de saúde saiba o que procura.
Restabelecer a saúde e não apenas tratar a doença.

O objetivo principal desta formação é:

  • Salientar padrões respiratórios;
  • Reconhecer alterações músculo-esqueléticas da face no respirador oral;
  • Compreender a condição miofuncional do sistema estomatoglossognatico;
  • Promover o encaminhamento de pacientes nas disfunções: sono, ORL, pediatria, fisioterapia, osteopatia, terapia miofuncional.

No final desta formação, o formando será capaz de:

  • Reconhecer técnicas e orientações práticas para a respiração saudável;
  • Permitir estabelecer objetivos interdisciplinares para a prevenção primária da saúde;
  • Promover a saúde e não apenas tratar a doença desde o nascimento.

 

Terapia pulpar vital : a endodontia minimamente invasiva. Protocolo (Luís Corte-Real, 29 março 2024)

A terapia pulpar vital é uma abordagem minimamente invasiva a casos de exposição pulpar quer por trauma, cárie ou conveniência protética.

A capacidade regenerativa e reparadora da polpa dentária vital é a base biológica deste tratamento que visa manter o complexo pulpo-dentinário saudável, com o recurso a biomateriais para a formação de uma barreira protetora e assim, prevenir a infiltração bacteriana.

Esta palestra pretende apresentar um protocolo para o diagnóstico, seleção de casos e técnica mais atual para resolução simples e previsível destes quadros clínicos.

O objetivo principal desta formação é:

  • Capacitar o médico dentista para identificar, diagnosticar e selecionar os casos clínicos do dia-a-dia para o uso da uma abordagem menos invasiva;
  • Saber qual a técnica e os seus procedimentos.

No final desta formação, o formando será capaz de:

  • De aplicar na prática clínica o correto diagnóstico e escolha da técnica mais adequada para situações clínicas de pulpite.

 

Aprimoramento da interface perio-protética em reabilitações complexas com implantes (Hélder Moura, 30 de março 2024)

A implantologia requer atualmente a participação de várias disciplinas da medicina dentária: um diagnóstico preciso e um planeamento ajustado e personalizado a cada paciente são hoje fundamentais para alcançar bons resultados estéticos.

O objetivo da reabilitação com implantes não é apenas alcançar uma osteointegração bem-sucedida, conseguir reabilitações mais estéticas e funcionais é imperativo.

A reconstrução óssea e a manipulação dos tecidos moles na área peri-implantar é o principal desafio nos casos diários, de forma a restabelecer o correto equilíbrio entre rosa/branco.

O objetivo principal desta formação é:

  • Reconhecer que o planeamento reverso e Implantologia protética guiada são aliados reais, bem como técnicas de enxerto de tecidos moles, suturas, retalhos de avanço coronal e abordagens de tunelização, conceitos de cicatrização de tecidos moles guiados por prótese, provisionalização em torno de implantes e pônticos, e por fim, um fluxo de trabalho digital protético e cirúrgico.

No final desta formação, o formando será capaz de:

  • Em suma, conhecer os principais conceitos da biologia peri-implantar, a importância da qualidade e volume dos tecidos e as técnicas cirúrgicas e não cirúrgicas, fundamentais no tratamento de reabilitações orais complexas.
Curso ministrado por

Rita Sousa Tavares, Luís Corte-Real e Hélder Moura

Rita Sousa Tavares

  • Médica dentista OMD 4223
  • ISCS-Sul Egas Moniz
  • Prática clínica exclusiva
  • Pós-graduada em ortodontia e odontopediatria
  • Pós-graduada em Reabilitação Neuroclusal, Ortopedia Funcional dos Macilares e Oclusão
  • Formação em amamentação e normalização de respiração
  • Conferencista nacional e internacional
  • Formadora de formadores
  • Sócia fundadora da Associação de Beneficência para a Saúde Oral Torreense

Luís Corte-Real

  • Licenciado pelo Instituto de Ciências da Saúde – Norte, em 2001
  • Formador no Sistema CEREC CAD-CAM – 2006
  • Formador nos cursos RPCEndo desde 2008
  • Mestrado em Endodontia pela UIC – Barcelona, em 2010
  • Docente do Mestrado de Endodontia na UIC – Barcelona, desde 2011
  • Pós-Graduação em Reablitação Oral Biomimética Avançada – 2014
  • Docente Pós-Graduação em Endodontia -Instituto de Ciências da Saúde – Norte desde 2015
  • Prática predominante em Endodontia e Reablitação com CAD-CAM
  • Director Clínico da Clínica Parque da Cidade – Porto
  • Sócio Administrador da CPRM SA

Hélder Moura

  • Licenciatura em Medicina Dentária pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde – Norte (ISCSNorte)-(2004-2008)
  • Licenciatura em Prótese Dentária pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde – ISCS-Norte (1999-2003)
  • Mestrado em Implantologia pela Universidade de Paris XII (2009)
  • Mestrado em Implantologia pela Escola Europeia de Implantologia Oral e Reabilitação em Biomateriais (ESORIB) (2009)
  • Curso de Cirurgia Avançada no Núcleo Avançado de Terapia Odontológica (NATO) – Peru (2012)
  • Residência Clínica “Cirurgia Regenerativa Avançada e Prótese Estética” – Dr. Ramón Gómez Meda, Espanha;
  • CEO / Formador no centro de formação Shape Dentistry Academy
  • Professor no Instituto Universitário Ciências da Saúde (IUCS);
    Curriculum – linha nº9: Orador em múltiplas conferências em reuniões científicas a nível nacional e internacional
    Curriculum – linha nº10: Diretor Clínico clínica dentária Hélder Moura Dental Clinics