15 de abril 2019

Lisboa

21:00 a 23:00

Hotel Real Palácio

A data limite para a inscrição foi atingida.

O aparecimento da má oclusão na criança deve ser detetado e corrigido precocemente, de forma a evitar alterações no desenvolvimento dento-esquelético que agravam a má oclusão e aumentam a complexidade do tratamento.

A intervenção ortodôntica precoce permite uma segunda fase de tratamento mais simples, podendo, em muitos casos, evitar a necessidade de cirurgia ortognática e melhorar o prognóstico e estabilidade de tratamento.

O curso abordará os problemas dento-esqueléticos mais prevalentes nesta faixa etária como a mordida cruzada, mordida aberta, má oclusão de classe II e III.

Serão ainda abordadas algumas patologias congénitas (sindrómicas e não sindrómicas) que interferem no normal crescimento e desenvolvimento dento-facial.

Os métodos de diagnóstico, opções de tratamento e aparatologia utilizada serão também discutidos.

Curso ministrado por

Inês Francisco

  • Mestrado integrado em medicina dentária pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
  • Assistente convidada de ortodontia da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
  • Pós-graduada em Ortodontia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
  • Autora ou co-autora de diversos trabalhos científicos em eventos nacionais e internacionais.