10 de fevereiro 2020

Lisboa

21:00 a 23:00

Vip Executive Entrecampos

A data limite para a inscrição foi atingida.

Atualmente, a cirurgia plástica periodontal ou terapia mucogengival é um procedimento cada vez mais realizado, tendo por objetivo “prevenir e corrigir defeitos anatómicos, de desenvolvimento, traumáticos ou induzidos por doença relacionados com a mucosa gengival e alveolar ou o tecido ósseo.

Parte significativa destas cirurgias destina-se ao recobrimento de recessões gengivais causadas pela migração apical de gengiva marginal e que expõe a superfície radicular ou implantar, mas também, frequentemente, ao aumento da crista alveolar e/ou do tecido queratinizado.

Os fatores de prognóstico relacionados com a técnica dão ao cirurgião a oportunidade de ter um impacto imediato na previsibilidade e no resultado geral obtido pela intervenção cirúrgica. O manuseamento dos tecidos moles, neste contexto, é a variável mais importante para o sucesso da cirurgia, uma vez que afeta o processo de cicatrização da ferida.

Todos os passos do procedimento, desde o contorno das incisões, o desenho do retalho até ao encerramento da ferida, devem ser planeados cuidadosamente pelo cirurgião, antes da cirurgia. Este, ao fazê-lo, deve focar-se na obtenção do melhor suprimento sanguíneo possível e na melhor estabilidade possível da ferida.

Curso ministrado por

Tiago Marques

  • Especialista em Periodontologia
  • Assistente Convidado de Periodontologia na Universidade Católica Portuguesa
  • Formação Avançada na Harvard School of Dental Medicine Implant Dentistry
  • Formação Avançada na University of Bern
  • Formação Avançada na  Universität Wien
  • Pós-graduado em Cirurgia Oral no Instituto Superior de Ciências Médicas de La Habana
  • ITI (International Team for Implantology) Speaker