No dia 19 de novembro, os membros do Conselho Europeu de Médicos Dentistas (CED) reuniram presencialmente, em Bruxelas, para elegerem a nova direção e tomarem posições sobre duas questões-chave: o turismo em medicina dentária e a formação contínua.

A OMD participou nos trabalhos, representada pelo bastonário, Miguel Pavão, e por Gonçalo Assis, membro do Conselho Diretivo e National Liaison Officer na Federação Dentária Internacional (FDI).

Na assembleia geral, presidida por Marco Landi, foi eleito o conselho para o mandato 2021-2024, e que assumiu funções a 20 de novembro. Freddie Sloth-Lisbjerg (Dinamarca) é o novo presidente do CED. Para o cargo de diretores foram eleitos Anna Lella (Polônia), Robin Foyle (Irlanda), Henner Bunke (Alemanha) e Ioannis Tzoutzas (Grécia) (para o mandato 2021-2022), que se juntam aos atuais diretores: Doniphan Hammer (França), Paulo Melo (Portugal) e Henk Donker (Holanda).

Os membros do conselho aprovaram também duas declarações.

A declaração sobre turismo em medicina dentária e saúde transfronteiriça (pdf) apresenta a posição do CED em relação à Diretiva 2011/24/EU, que respeita aos direitos dos pacientes nos cuidados de saúde transfronteiriços, e avalia em que medida esta diretiva facilita o acesso a tratamentos médico-dentários seguros e de qualidade noutros Estados-membros. Na ótica do Conselho, este objetivo foi cumprido e vai continuar a ser monitorizado, uma vez que esta valência do turismo estava em franca expansão antes da pandemia.

O CED validou também a atualização da resolução sobre a formação contínua dos médicos dentistas (pdf). Os membros aprovaram por unanimidade o documento que apresenta uma versão atual do status quo do desenvolvimento profissional da classe, na qual destaca as áreas mais recentes de interesse, como a resistência antimicrobiana, as competências digitais e as ameaças à saúde pública.

Paulo Ribeiro de Melo, coordenador do grupo de trabalho do CED de Ensino e Qualificações Profissionais, apresentou o plano da equipa para o mandato, que define as tarefas e os objetivos a alcançar (pdf), entre eles a preparação, em conjunto com o BTF Internal Market, de uma resolução sobre o futuro da saúde oral e a participação na atualização do Anexo V.3/5.3.1. da Diretiva 2005/36/EC.

A próxima reunião do CED está agendada para maio de 2022 e será organizada por Portugal. O Porto é o local escolhido para a realização da assembleia geral.

Da esquerda para a direita, Gonçalo Assis, Miguel Pavão e Paulo Ribeiro de Melo.