19 de janeiro 2015

21:00 a 23:00

A data limite para a inscrição foi atingida.

Resumo

A abordagem restauradora de dentes posteriores tem sido significativamente alterada nos últimos anos. A utilização de técnicas tradicionais de preparo para recobrimento total (coroas) está atualmente posta em causa.

Preparos mais conservadores, a utilização da técnica adesiva ao remanescente dentário e a escolha fundamentada do recobrimento cuspídeo têm demonstrado uma série de vantagens estruturais, ópticas e biológicas que se repercutem no aumento da longevidade da peça dentária. Nesta apresentação será focado:

  • Compreensão do fenómeno adesivo à dentina e ao esmalte como base da dentisteria adesiva conservadora;
  • A importância do timing na adesão à detina – o Immediate Dentin Sealing;
  • Técnicas e materiais para uma adequada elevação das margens profundas de dentes posteriores – o perfil de emergência;
  • Compreender a importância da elevação das margens profundas no workflow dos procedimentos de dentisteria adesiva directa e indirecta – o isolamento absoluto.

Com base numa análise da literatura e experiência clínica, serão discutidas as formas de integrar estes conceitos nos casos simples da rotina diária assim como nas situações que exigem uma abordagem mais complexa.

 

200x200-hugo-costa-lapa.jpgHugo Costa Lapa

  • Médico Dentista, licenciado pela Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa – 2005
  • Prática clínica no Hospital CUF Descobertas
  • Curso avançado multidisciplinar em prótese fixa – 2010 (Espanha)
  • Curso Predictable aesthetics and longevity with bonded porcelain restorations – 2011 (EUA)
  • Curso N. Vision Brasil – 2013 (Brasil)
  • Áreas de interesse profissional: medicina dentária biomimética, reabilitação oral

Curso ministrado por

Hugo Costa Lapa