23 de maio 2022

Streaming

21:30 a 23:30

Site OMD

A data limite para a inscrição foi atingida.

A prestação de cuidados de saúde oral a adultos e crianças com necessidades especiais que não conseguem aceitar ou ter acesso a cuidados dentários de rotina em consultório convencional apresenta múltiplos desafios.

Alguns pacientes apresentam dificuldades de aprendizagem, défices físicos, intelectuais, histórias médicas complexas, história de saúde mental ou problemas sociais graves – casos graves de proteção à infância, vítimas de abuso ou violência doméstica.

Os pacientes com ‘necessidades especiais’ requerem uma abordagem ampla e holística , centrada no indivíduo . A grande maioria requer uma abordagem multidisciplinar que vai muito além dos seus cuidados de saúde oral, para alguns sendo mesmo necessário recorrer à anestesia geral e sedação consciente ou a prestação de cuidados domiciliários.

A interação com várias especialidades médicas, bem como com outros profissionais aliados à prestação de cuidados, bem como o envolvimento de agentes de assistência social, polícia, proteção à infância e representantes legais é muito comum.

Numa altura em que se discute a integração da medicina dentária no sistema nacional de saúde em Portugal e já existem consultórios dentários em alguns centros de saúde.
Sofia vai partilhar um pouco do seu dia-a-dia como “community dentist”, bem como a abordagem deste vasto grupo de pacientes.

Durante a sessão irão ser discutidos:

  • Cuidados centrados no paciente ( com necessidades especiais)- desafios?
  • A triagem de referenciações, planeamento, tratamento, colaboração com ou encaminhamento para outros serviços.
  • Abordagem do paciente com demência, autismo, dificuldades de aprendizagem, deficit sensorial, bariátrico, histórias médicas complexas, etc.
  • Consentimento informado.
  • Abuso e negligência – salvaguarda e proteção à infância e de adultos vulneráveis.
  • Indicações e seleção de casos para sedação consciente/ anestesia geral.
  • Integração com outras especialidades.
  • Indivíduos difíceis de alcançar, igualdade de acesso.
  • Breve reflexão: O impacto que a Covid-19 tem na prestação de cuidados de saúde oral neste grupo de pacientes.

O objetivo principal desta formação é:

  • Dar a conhecer o dia a dia de um ‘Community dentist’, que se estende muito mais além da prática clínica em consultório dentário.
  • Discutir quais os desafios que a prestação de cuidados de saúde oral a pacientes adultos e pediátricos que, por virtude de terem necessidades especiais, não conseguem aceitar, ou ter acesso a cuidados de rotina em consultório dentário convencional.

No final desta formação o formando será capaz de:

  • Reconhecer a importância dos cuidados de saúde oral primários, na prevenção e tratamento das patologias orais neste grupo de pacientes.
  • Identificar os pacientes ou grupos de pacientes que possam beneficiar de intervenção precoce e multidisciplinar.
  • Identificar os pacientes para os quais a sedação consciente/ anestesia geral está indicada.
  • Reconhecer que existem adaptações e medidas simples e razoáveis que podem ser utilizadas de modo a facilitar o acesso aos cuidados de saúde oral.
  • Perceber o impacto que a Covid-19 tem na prestação de cuidados de saúde oral neste grupo de pacientes.
Curso ministrado por

Sofia Almeida

  • Licenciada em medicina dentária pela FMDUL em 2004. Concluiu pós-graduações em odontopediatria, e “special care dentistry” no Eastman Dental institute -University College London e em sedação consciente e controle de ansiedade na University of Bristol
  • Exerce as funções de Community Senior Dental Officer em regime de exclusividade no Wye Valley NHS Trust. É examinadora do Programa Nacional de Epidemiologia Dentária, participando regularmente nas campanhas nacionais de rastreio de saúde oral e é a Deputy Chair da “Paediatric Dentistry Managed Care Network” para West Midlands-England
  • Uma das suas funções é a prestação de cuidados de saúde oral a adultos e crianças que, por virtude de terem necessidades especiais, não conseguem aceitar, ou ter acesso a cuidados de rotina em consultório dentário convencional. Sofia tem uma vasta experiência no planeamento e tratamento com o auxílio a anestesia geral em meio hospitalar e na provisão de sedação consciente
  • É membro da British Society of Paediatric Dentistry, British Society for Disability and Oral Health, British Society of Gerodontology, e da Society for the Advancement of Anaesthesia in Dentistry