23 de setembro 2019

Faro

21:00 a 23:00

Hotel Eva

Preço 0

63 vagas disponíveis

Nos últimos 20 anos a medicina dentária viveu uma evolução sem precedentes. A Endodontia e a Implantologia são bons exemplos deste facto. No entanto, perante uma lesão inflamatória de origem endodôntica de maior ou menor dimensão e/ou complexidade, o clínico é “levado” frequentemente para a extracção precoce, não pensada de peças dentárias, que pode levar a reabsorções marcadas do osso alveolar e dos tecidos moles.

A introdução de novas técnicas, conceitos e instrumentos a par do microscópio clínico e posteriormente do MTA revolucionou os tratamentos endodônticos abrindo novas possibilidades e perspectivas, sendo a sua taxa de sucesso, actualmente, comparável à da implantologia. Por este motivo em muitas situações o caminho não é linear e o envolvimento do paciente na decisão final torna-se mandatório.

Assim, serão apresentados diversos casos clínicos, através de slides e vídeos, que ajudarão a compreender como executar e quais os limites e os novos horizontes da Endodontia clínica actual, convencional e cirúrgica.

Curso ministrado por

Pedro Cruz

  • Médico dentista pela FMDUL (1988)
  • Mestrado integrado pela FMDUL (2010)
  • Assistente convidado de Endodontia na FMDUL
  • Pioneiro, em Portugal, na utilização do Sistema B (1994) e do Microscópio Clínico (1995) a nível cirúrgico e não cirúrgico, em Endodontia
  • Aluno visitante da Universidade de Pennsylvania (Faculty of Philadelphia) em 1995
  • Prática clínica exclusiva em endodontia e implantologia (fase cirúrgica) desde 1996