Uso de barra Straumann Etkon na reabilitação superior de desdentado total

Póster > Casos clínicos > Prótese Removível

Galerias do Pavilhão 2 (Expo-Dentária) – 12 Novembro , 16h00-17h00 – Ordem nº

Paciente edêntula, apresentou-se na consulta com queixas em relação às suas duas próteses totais removíveis, principalmente no que diz respeito à retenção e desconforto provocado. Fez-se ortopantomografia e TAC. Apresenta elevada perda óssea, principalmente entre caninos, como é habitual nestes pacientes.

Tem o palato pouco profundo e sorriso gengival. Foi reabilitada com duas barras do sistema Etkon (Straumann)desde caninos a primeiros molares, deixando-se o espaço entre caninos sem barra. Na reabilitação maxilar com sobredentaduras, implantes independentes não são a melhor opção devido à qualidade óssea e direcção de força, severamente comprometidas.

O uso de barras é uma opção bastante válida e com escolha diversificada em relação ao tipo de barra a usar. No entanto, a falta de espaço interoclusal na pré-maxila pode comprometer a posição dentária adequada como é o caso desta paciente.

O uso de duas barras tem a vantagem de deixar livre a zona com menos espaço e tem uma componente de rotação da prótese sobre as barras quase perpendicular ao componente de forças antero-posterior, que geralmente se verifica mais acentuado nestes casos. Além disso, este movimento sobre cada barra é travado pelo próprio desenho da barra e pela existência de uma 2ª barra.

A paciente melhorou a sua qualidade de vida, estando satisfeita com as vertentes estética e funcional da restauração. Este tipo de reabilitação é pouco invasiva e é uma boa opção terapêutica nos pacientes que desejem melhorar a retenção das suas próteses removíveis.