Micro-implantes na ortodontia – uma revisão da literatura

Póster > Revisão > Ortodontia

Galerias do Pavilhão 2 (Expo-Dentária) – 11 Novembro , 17h30-18h30 – Ordem nº

Universidade de Coimbra

Introdução

Uma terapia ortodôntica bem sucedida depende, na grande maioria das vezes, de um planeamento rigoroso da ancoragem, pois este é um dos factores determinantes para o sucesso clínico dos tratamentos.

Com a utilização dos micro-implantes surge um novo conceito de ancoragem esquelética, o qual não permite a movimentação da unidade de reacção. A eficiência da ancoragem ortodôntica conseguida através dos micro-implantes tem sido bem demonstrada na literatura.

Objectivos

Rever a literatura clinicamente relevante acerca do uso de micro-implantes na área de ortodontia: características, indicações clínicas, procedimento cirúrgico e complicações.

Métodos

Esta revisão bibliográfica teve por base a literatura médico-científica em língua portuguesa e inglesa, disponível na Pubmed/Medline e EBSCOhost de 1999 a 2011, seguindo as palavras-chave: “micro-implantes / mini-screws” e “ortodontia / orthodontics”. Foram selecionados 23 artigos com relevância científica e não foram adoptados critérios de inclusão ou de exclusão. Serão apresentados casos clínicos.

Resultados

A colocação de micro-implantes requer determinados cuidados pré e pós-operatórios. Sugere-se acompanhamento radiográfico periódico e testes de vitalidade pulpar para os casos onde forem detectadas complicações. A força empregue sobre estes dispositivos varia de acordo com o tipo de movimentação dentária a que se destina.

Para auxiliar na estabilidade e facilitar a higienização, o micro-implante deve ser inserido em área de mucosa queratinizada.

Conclusões

A utilização dos micro-implantes na Ortodontia é recente e tem-se revelado promissora, por ser uma técnica simples e pouco invasiva. Estas estruturas são uma das opções de ancoragem temporária (intra-oral) disponíveis para o tratamento ortodôntico e pretendem simplificar a mecânica e,em alguns casos,viabilizar a terapia, diminuindo o tempo de tratamento.

Implicações clínicas

Os micro-implantes têm uma aplicabilidade clínica ampla, como por exemplo na retracção de dentes anteriores, na mesialização de dentes posteriores, na intrusão do sector anterior e/ou posterior,na correcção do plano oclusal e da curva de Spee, entre outras.