António Duarte Mata

Disrupção digital em medicina dentária: O futuro é agora

  • Médico dentista pelo IUEM, em 1996
  • PhD pela University of Central Lancashire, em 2003
  • Doutor em Medicina Dentária pela Universidade do Porto, em 2004
  • Professor catedrático da FMDUL
  • Coordenador da Unidade de Investigação FCT- LibPHYS-UL
  • Diretor do Centro de Estudos de Medicina Dentária Baseada na Evidência da FMDUL
  • Mais de 100 publicações

Nacionalidade: Portugal

Área científica: Inovações em materiais e técnicas

14 de novembro, das 14h30 às 15h15

Auditório D

Resumo da conferência

A disrupção digital é a mudança que ocorre quando as novas tecnologias digitais transformam qualquer área, influenciando os modelos de negócio e afetando radicalmente o valor intrínseco de bens e serviços. É um termo mais abrangente e por vezes confundido com disrupção tecnológica, que é a simples substituição de uma tecnologia por outra. A disrupção tecnológica em medicina dentária tem sido alvo de ampla discussão, nomeadamente no que respeita ao fluxo digital de trabalho em reabilitação oral.

Porém a temática da disrupção digital em saúde tem sido menos abordada, sobretudo no contexto da medicina dentária, apesar de estar a mudar radicalmente a forma como investigamos, produzimos, aplicamos, transmitimos e rentabilizamos toda a temática da saúde.  Perspetiva-se que, nos próximos anos, a medicina digital aliada ao desenvolvimento da Inteligência Artificial e capacidade de tratar quantidades maciças de dados (Big Data) irão influenciar o comportamento de todos os intervenientes no processo de saúde (pacientes , médicos e decisores) confluindo em sistemas de apoio à decisão médica absolutamente revolucionários.

Nesta mesa redonda propomos abordar o tema da disrupção digital em saúde oral nas sua várias vertentes, desde a investigação fundamental, à medicina translacional, à investigação clínica e finalmente à forma de praticar e ensinar medicina dentária.