Ana Capela Louraço

A dor não odontogénica. Diagnóstico diferencial e tratamento

  • Médica dentista especialista em Cirurgia Oral pela Ordem dos Médicos Dentistas (OMD)
  • Mestre em Medicina Dentária pela Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa
  • Assistente convidado do departamento de Cirurgia e Medicina Oral da FMDUL
  • Pós-graduada e especializada em Implantologia pela FMDUL
  • Pós-graduada em Periodontologia pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz (ISCSEM)
  • Prática clínica privada exclusiva nas áreas de cirurgia oral e periodontologia

Nacionalidade: Portugal

Área científica: Medicina oral

16 de novembro, das 12h00 às 13h00

Auditório B

Resumo da conferência

A dor orofacial é uma condição debilitante que, segundo alguns autores, afeta mais de 80% da população pelo menos uma vez na vida. O médico dentista é um elemento-chave no seu diagnóstico.

Assim, o objetivo desta conferência é fornecer conhecimento de modo a permitir a identificação de condições dolorosas como: a nevralgia do trigémio, o burning mouth syndrome, a dor facial idiopática persistente, entre outras.  Serão descritas as classificações, os algoritmos de diagnóstico e os respetivos protocolos de atuação. A avaliação e o  tratamento da dor orofacial não odontogénica requer, por vezes, a envolvência de uma equipa multidisciplinar.