Ana Moura Teles

Comparação de diferentes sistemas de retratamento endodôntico: uma análise radiográfica in vitro

Nacionalidade: Portugal

Área científica: Endodontia

8 de novembro, das 09h30 às 09h50

Sala 1

Resumo da conferência

Introdução: Apesar do elevado sucesso, por vezes, o fracasso do tratamento endodôntico (TE) ocorre, maioritariamente devido à presença de infeção. Para restaurar a saúde oral, é necessário, muitas vezes, proceder ao retratamento endodôntico não cirúrgico (RTENC).
Objetivo: Comparar a eficácia de quatro sistemas de retratamento endodôntico na remoção do material obturador (MO).
Material e Métodos: 80 dentes monorradiculares com TE prévio foram divididos em quatro grupos (n = 20): Reciproc® (R), WaveOne® (WO), ProTaper Universal Retreatment® (PTR) e One Shape® (OS). Todos os dentes foram radiografados antes e depois da remoção do MO. As áreas totais do MO inicial e final foram medidas usando o software Adobe Photoshop CC 2017®. Os dados coletados foram estatisticamente analisados considerando p <0,05 com recurso ao teste de normalidade de D’Agostino e Pearson, teste de Kruskal-Wallis com Dunn’s e teste t Student.
Resultados: Não foram encontradas diferenças estatísticas significativas entre os grupos; no entanto, WO apresentou maiores valores de redução, seguidos, sucessivamente por R, PTR e OS.
Discussão: O principal objetivo no RTENC é a desinfeção. Para atingir este objetivo, a remoção adequada do MO é obrigatória. Embora haja desconcordância entre diferentes estudos relativamente aos resultados finais, um grande parte elege o WO como o mais eficaz.
Conclusões: Nenhum dos sistemas testados foi capaz de remover completamente o MO; os sistemas reciprocantes mostraram-se mais eficientes que os sistemas de rotação contínua.
Implicações clínicas: A escolha do sistema endodôntico influencia a quantidade de remoção do MO.

Comunicação oral aceite ao 27º Congresso da Ordem dos Médicos Dentistas.