7 de setembro 2020

Viseu

21:00 a 23:00

Hotel Príncipe Perfeito

Preço 0

95 vagas disponíveis

A restauração dentária de um dente no setor posterior é desafiante, especialmente quando esta é extensa. O objetivo final de uma restauração é o de restaurar a forma, a função e a estética do dente; prevenir a infiltração de bactérias; proteger a estrutura remanescente de fratura, assim como prevenir o desgaste dos dentes antagonistas.

Diferentes quantidades de estrutura remanescente, a vitalidade do dente e o estado dos dentes oponentes podem ditar diferentes escolhas quanto à técnica e aos materiais, na hora de efetuar a restauração. Uma destas escolhas é a de quando fazer o recobrimento cuspídeo.

Para responder a essa pergunta, neste curso serão apresentadas árvores de decisão segundo o diagnóstico, a quantidade de estrutura remanescente, considerações sobre estado vital do dente, diferentes técnicas (diretas e indiretas) para a restauração dos dentes posteriores e serão discutidos materiais possíveis a utilizar (vantagens e desvantagens; cerâmica vs. compósito).

Curso ministrado por

Cristiano Pereira Alves

  • Mestrado integrado na Universidade Fernando Pessoa (2010)
  • Curso de Introdução à Medicina Dentária Baseada na Evidência (2008)
  • Pós-graduação em Competências Clínicas Profissionalizantes em Medicina Dentária – UFP (2010-2011)
  • Alcançando a Excelência em Resinas Compostas – Fahl Art and Science (2011)
  • Pós-graduação em Reabilitação Oral Protética – Universidade de Coimbra (2011-2013)
  • Assistente Convidado da disciplina de Prótese Fixa – UC (desde 2012)
  • Assistente Convidado da pós-graduação em Reabilitação Oral Protética – UC (desde 2013)
  • Autor de várias conferências nacionais e internacionais