Diagnóstico Profissionais de Medicina Dentária

As conclusões permitem traçar o quadro das condições de trabalho dos médicos dentistas, nomeadamente as motivações profissionais, as horas de trabalho, o número de clínicas e consultórios onde trabalham e outros aspetos como, por exemplo, as comodidades oferecidas aos utentes.

Com perto de 2 mil participantes, num universo de 10 mil médicos dentistas, o estudo “Diagnóstico Profissionais de Medicina Dentária” tem validade estatística.

 

As conclusões mostram que os primeiros efeitos da ligeira retoma da economia portuguesa começam a ter impacto nos consultórios e clínicas de medicina dentária.

 

Consultar o estudo “Diagnóstico Profissionais de Medicina Dentária” (PDF)